segunda-feira, 15 de maio de 2017

Rolinhos de Perú com Cenoura e Espinafres

Num dia cinzento e de chuva, apeteceu-me trazer uns "raios de sol" ao  meu prato.
Estes rolinhos dão um pouquinho de trabalho, mas são muito fáceis de fazer e têm apenas três ingredientes.



Ingredientes:


  • Bifinhos de Perú
  • Cenouras 
  • Espinafres
  • Espargos
  • Ghee (em alternativa: azeite, óleo do coco ou banha)
  • Tempero a gosto


Preparação:


Coloque um pouquinho de azeite numa frigideira e quando estiver quente junte os espinafres, mexendo até ficarem moles. Reserve e deixe arrefecer. Escorra-os espremendo-os se ficarem com muita água.
Descasque as cenouras, corte-as ao comprido, coza-as em água e sal (cuidado para não ser demasiado). Escorra-as. Reserve e deixe arrefecer.
Tempere os bifes com sal e pimenta a gosto (pode usar ervas aromáticas ou especiarias a seu gosto)
Coloque os espinafres e as cenouras sobre o perú. Enrole formando um rolinho e ate com fio.
Numa frigideira, aqueça um pouco de Ghee e frite os rolinhos.
Deixe arrefecer ligeiramente, retire o fio e corte em fatias.
Leve a ferver os Espargos durante alguns minutinhos em água com sal e depois passe-os na frigideira com azeite.
Não é simples?

domingo, 30 de abril de 2017

Bolo de Banana Paleo / Paleo Banana Upside Down Cake

Com tantas mini bananas bio resolvi fazer um bolo. Não indico a quantidade de bananas, pois as minhas tinham apenas 10 cm de comprimento, mas creio que três grandes serão suficientes.
Uma invenção que resultou bem e que cá em casa teve muito sucesso. Ficou húmido e fofinho.


Ingredientes:

  • 250 g de bananas já descascadas (mais uma bananas q.b. para colocar no fundo da forma)
  • 3 ovos M
  • 3 colheres de sopa de mel
  • 1 colher de chá de canela em pó
  • 1 colher de extrato de baunilha
  • 250 g de farinha de amêndoa
  • 1 colher de bicarbonato de sódio
  • mais uma bananas para colocar no fundo da forma
  • Ghee ou óleo de coco para untar a forma

Preparação:

Esmague bem as bananas com um garfo,  junte os ovos, o mel, a canela, a baunilha. Bata bem. Pode  também usar um liquidificador, um processador de alimentos, ou a Bimby.
Com uma espátula, envolva a farinha de amêndoa e no final polvilhe com o bicarbonato e envolva bem, mas sem bater.
Na forma (usei uma de 24 cm de diâmetro) forrada com papel vegetal e bem untada, coloque as bananas com a parte cortada virada para baixo e coloque por cima a massa. Leve ao forno pré-aquecido 180ºC cerca de 30 minutos.
Retire do forno e deixe arrefecer 5 minutos antes de desenformar diretamente para o prato de serviço.



sábado, 29 de abril de 2017

Peito de frango com Couves de Bruxelas e fruta

Nem sempre as receitas mais complicadas e demoradas são as mais saborosas.
Para esta refeição, apenas precisamos de frango, umas especiarias (podem usar outras a vosso gosto), couves e uma fruta a gosto. Simples, não é?

Temperam-se os peitos de frango (comprei sem pele apenas porque eram os únicos que havia no supermercado) com sal, pimenta, alho, curcuma e gengibre em pó. Numa frigideira que possa ir ao forno, coloca-se Ghee, ou azeite e fritam-se os peitos dos dois lados, até ficaram dourados. Coloca-se a frigideira no forno, pré-aquecido a 200ºC, cerca de 15 minutos.
Enquanto assa o frango, cozem-se as Couves de Bruxelas, em água e sal (ou ao vapor) cerca de 10 a 15 minutos.
Retiram-se os peitos para o prato e no pouquinho da gordura que ficou na frigideira salteiam-se por uns minutos as couves (acrescentem um pouquinho de azeite, se necessário). Depois é só acompanhar com a fruta que mais gostar. 


terça-feira, 25 de abril de 2017

Tacinha de Abóbora, Coco e Canela

Embora a minha primeira refeição do dia quase sempre tenha uns ovinhos, às vezes apetece-me uma coisa diferente. 
Costumo assar uma Abóbora  Manteiga inteira cortada a meio e com a casca para baixo. Depois guardo-a no frigorifico dentro de uma caixinha e vou comendo quando me apetece. 
Neste pequeno almoço (que também pode ser um complemento a uma refeição) apenas misturei  uma parte da abóbora já assada, com o coco ralado e depois polvilhei com canela. A quantidade cada um dos 3 ingredientes é ao gosto de cada um. Simples, não é?


sábado, 11 de março de 2017

Omelete de Beterraba acompanhada de Anona

Normalmente os meus pequenos almoços têm sempre ovos, mas para a omelete não ser sempre igual, hoje, juntei uns quadradinhos de beterraba que tinha assado ontem. Fiz com dois ovos, em óleo de coco. Acompanhei com a minha fruta preferida: Anona!


sábado, 4 de março de 2017

Pequeno Almoço Tricolor

Simples e saboroso.
Ovos mexidos em óleo de coco, tomate com oregãos e abacate com maracujá



O começo da minha alimentação Paleo

Há muito que me preocupo com a minha alimentação, tentando não cometer excessos e a fazer as melhores escolhas dos alimentos. Confesso que ainda experimentei uma dieta vegetariana mas, por uma razão, ou outra, acabei sempre por voltar a comer carne, ou peixe.

O ano passado, encontrei um grupo incrível "Programa Paleo de Desintoxicação O Grupo", que me ajudou durante 30 dias a seguir um programa de conhecimento pessoal, em que vários alimentos não são permitidos. Comecei rapidamente a notar as diferenças fantásticas que essa alimentação me trazia: deixei de ter "fomes malucas", deixei de ter dores de cabeça, fiquei mais enérgica, o meu organismo ficou mais regular e também perdi peso. Descobri que comer comida de verdade é algo verdadeiramente revelador e libertador.

Desde essa altura, nada voltou a ser como dantes e deixei simplesmente de ser capaz de comer determinados alimentos.

Não sou especialista em nutrição, sou uma mulher comum e uma mãe preocupada em dar o melhor à sua familia, que decidiu comer de uma forma diferente e que se rendeu aos encantos desta magnífica alimentação Paleo.

Desde pequena que adoro cozinhar e partilhar com a minha família e amigos. Agora, continuo a cozinhar, mas a lista dos ingredientes é mais pequenina, mas mais saudável!

O meu objetivo é partilhar as minhas experiências, as minhas refeições simples, as receitas mais elaboradas e alguns pequenos "pecados" saudáveis que vou cometendo. Sim, porque podemos cometê-los, desde que sejam com alimentos/ingredientes que fazem parte da dieta Paleo.

Nesta alimentação o simples, é o melhor! Não precisa ser um masterchef para cozinhar comidas nutritivas, equilibradas e saborosas.

Venha comigo nesta aventura paleolítica :)